A verdade não contada de Little People, Big World



Matt and Amy Roloff Getty Images De Gillian Walters/20 de dezembro de 2017 14h10 EDT/Atualizado: 21 de junho de 2018 11:04

Pessoas Pequenas, Mundo Grande está no TLC desde 2006, o que é um longo tempo pela realidade televisão padrões. Os fãs assistiram à família Roloff cumprir muitos marcos ao longo dos anos, incluindo a recente onda de casamentos e gestações da família. E os espectadores também testemunharam alguns momentos bastante difíceis na vida dos Roloff - como Separação emocional e divórcio de Matt e Amy Roloff.

Claro, ainda houve alguns momentos que as câmeras de reality show não capturaram para os fãs do programa. De problemas legais com as autoridades e seus fãs a declarações controversas sobre relacionamentos e casamento, a famosa família americana teve seu quinhão de escândalo nos bastidores. Então, quais verdades ocultas os Roloff escondiam ao longo dos anos? Vamos nos aprofundar e descobrir tudo sobre a família mais conhecida do TLC. Aqui está a verdade não contada das estrelas de Pessoas Pequenas, Mundo Grande.


Quem é Ryan Gosling casado também?

Os dois deveres de Matt Roloff



Matt Roloff Instagram via @mattroloff

Em junho de 2007, Matt Roloff foi preso por uma DUI no Condado de Washington, Oregon (via HOJE) Segundo relatos, Matt estava lutando para manter sua van Chevrolet dentro da faixa, e os policiais que responderam rapidamente suspeitaram que Matt estava embriagado. As coisas só pioraram para Matt quando ele se recusou a fazer um teste de respiração e depois de ter falhado em um teste de sobriedade em campo.



Matt foi citado por dirigir sob a influência, uma acusação que ele declarou inocente em uma declaração oficial (via Acessar Hollywood), 'Entrei em um argumento de inocente. Respeito o processo judicial e, para ser justo, não comentarei mais sobre este caso até que ele seja resolvido.

Logo após a prisão de Matt, foi revelado que ele também foi preso por dirigir embriagado em 2003. O primeiro desentendimento de Matt com a lei pode surpreender os fãs, principalmente porque ele nunca abordou publicamente a questão.

The Oregonian relataram que Matt foi condenado por dirigir embriagado em 2003, uma acusação que foi 'descartada um ano depois depois que ele concluiu com êxito um programa de desvio de álcool, segundo registros'.

Quanto à acusação de 2007, Matt foi considerado inocente. Ele disse The Oregonian(através daReality TV World) na época: 'Fico feliz que acabou. Só estou ansioso para voltar a passar um tempo com a família.

Matt e Amy Roloff foram processados ​​por um fã



Matt and Amy Roloff Facebook via Little People Big World

A fama, como a maioria das coisas na vida, tem um preço. Matt e Amy Roloff aprenderam esta lição quando foram processados ​​por um fã em outubro de 2011. De acordo com Radar Online, uma fã chamada Linda Farrallalegou que sofreu ferimentos ao visitar a Roloff Farms no Oregon em 2009.

Nos documentos obtidos por Radar, Os advogados de Farrall afirmaram que os ferimentos ocorreram no pavilhão de piquenique da fazenda e que ela caiu da estrutura depois que 'outro hóspede acidentalmente bateu nela por trás'. Ela então 'perdeu o equilíbrio, tropeçou para a frente e caiu do pavilhão'.

O advogado de Farrall argumentou que Amy e Matt deveriam ter instalado uma grade no pavilhão para evitar possíveis acidentes. Eles argumentaram: 'Os réus demonstraram uma indiferença imprudente e ultrajante a um risco altamente irracional de danos e agiram com uma indiferença consciente à saúde, segurança e bem-estar de outras pessoas'.

Matt e Amy foram processados ​​por US $ 100.000, uma lei que eles argumentaram que não deviam. Na resposta de Matt e Amy ao processo de Linda, eles responderam que ela era responsável por sua própria segurança.

As partes puderam resolver fora do tribunal por um valor não revelado.

Little People, Big World é falso?



Amy Roloff and Little People, Big World crew Youtube

Obviamente, não é uma informação chocante que a maioria dos reality shows de televisão não sejam muito real. O que é surpreendente, no entanto, é quando uma estrela da realidade admite a falsidade.

Em uma postagem de blog de fevereiro de 2017 em Rock & RoloffJacob Roloff bateu Pessoas Pequenas, Mundo Grande por suas histórias construídas e 'encenadas', escrevendo: 'Na cena em que eles deveriam discutir um assunto sério ... Lembro-me que a cena que eles estavam fazendo era inerentemente encenada e falsa. Qualquer discussão que eles estivessem realizando já havia acontecido na vida real, então isso foi, na melhor das hipóteses, uma reflexão.

Jacob continuou argumentando que a cena encenada teve um efeito 'profundo' em sua mãe, Amy Roloff, acrescentando: 'Quando elas saíram, vi lágrimas nos olhos de minha mãe e de repente percebi que essa' brincadeira 'encenada. fake 'coisa estava afetando a vida real de uma maneira profunda.'

Por fim, Jacob tomou a decisão de deixar o TLC atingido. Ele escreveu: 'Felizmente saí do ciclo. Eu sempre fui parcial emnãofazendo o programa com base em perguntas internas como 'Por que eu? Por que, entre todos os bilhões de pessoas, ou milhões de crianças, fui escolhido pelo Ultimate para viver esta vida? ''

O afastamento de Jacob Roloff da família



Jacob Roloff Instagram

Quando Jacob Roloff decidiu parar de filmar Pessoas Pequenas, Mundo Grande, sua partida causou uma grande brecha dentro de sua família. Jacob aparentemente se sentiu amargo por ter passado uma boa porcentagem de sua infância na frente das câmeras de televisão da realidade, e culpou seus pais por sua dor.

O livro de Jacob Conexão, abordou amplamente seus problemas com seus pais. Ele escreveu (via Radar Online) ', Senti-me isolado. E devido a isso, com raiva. Isso levou a discussões e falta de comunicação com a família, especialmente meus pais, culminando realmente na decisão deles de experimentar me fazer ver um terapeuta.

Para tornar as coisas ainda mais confusas, Jacob insinuou que sua família o roubou de seus ganhos com o TLC. Jacob twittou (via TMZ), 'Cara, eu gostaria que não sentisse que estava ficando fodido com o dinheiro do programa que foi minha infância agora.'

Amy e Matt nunca comentaram as alegações de Jacob, e a rede também não resolveu o problema.

Embora Jacob tenha se distanciado de seus entes queridos por algum tempo, ele finalmente voltou ao redil. Ele disse em uma postagem de blog de 2017 em Rock & Roloff, 'Eu vim abandonar toda a amargura nos últimos anos em relação aos meus pais e à empresa de produção.'

Caso suspeito de Matt Roloff



Caryn Chandler and Matt Roloff nstagram

Quando Matt e Amy Roloff anunciaram sua separação em junho de 2015, poucos fãs ficaram surpresos. A tensão entre os dois era óbvia há anos, e as brigas do casal eram frequentemente capturadas no programa.

Os espectadores ficaram um pouco chocados ao saber que Matt era suspeito de ter um caso com sua funcionária de longa data, Caryn Chandler, antes da separação.

O boato começou a se agitar logo após Matt e Amy finalizarem o divórcio em 2016. Não muito tempo depois que os papéis do divórcio foram assinados, Matt revelou seu novo relacionamento com Caryn Para o mundo. As pessoas tinham muitas perguntas sobre o momento do romance, incluindo Amy.

Amy disse ao saber das notícias (via Correio diário), 'Caryn foi assistente pessoal de Matt - agora que eles estão namorando, é claro que é doloroso.'

Embora Amy esteja perfeitamente feliz em um novo relacionamento, há rumores de que ela e Caryn ainda não se dão bem.

Uma suposta fonte disse As fofocas de Hollywood que Caryn e Amy não interagiram em uma reunião familiar recente, revelando: 'Eu nunca vi Amy falar com Caryn; há uma tensão real lá. As crianças parecem apanhadas no meio. Este foi o primeiro dia do bebê de [Zach e Tori] Jackson na fazenda durante a estação das abóboras, foi um grande negócio e Amy foi fechada.


livro de jessica huang

As boas notícias? Quando Caryn não está por perto, Matt e Amy parecem coexistir muito bem.

Opiniões anti-LGBTQ de Audrey Roloff



Audrey Roloff Instagram

Em maio de 2016, Audrey Roloff se irritou com os comentários excluídos que escreveu para uma fã em seu blog de casamento com o marido Jeremy Roloff, Batendo 50%. Radar Online relatou que Audrey expressou sua opinião homofóbica em casamentos do mesmo sexo quando a fã criticou seu blog por atender exclusivamente a casais heterossexuais.

“Não estamos reivindicando ser um recurso para casamentos do mesmo sexo. Não é algo com o que concordamos ', escreveu ela. 'Somos a favor de casamentos de pessoas do sexo oposto que estão se esforçando para dar mais do que a média a seus casamentos. Viver a aliança do casamento todos os dias e centralizar o casamento em torno de Cristo. Dito isto, saiba que nosso conteúdo não é escrito para casamentos do mesmo sexo; portanto, dizer que não oferecemos conselhos para esse lado é preciso. '

E alguns meses antes dos comentários controversos de Audrey, Jeremy retweetou um artigo de A labareda, um veículo de notícias extremamente conservador. O artigo argumentou que os grupos de direitos dos gays estão travando uma guerra contra as igrejas (via O Inquisitr)

Naturalmente, muitos fãs não gostaram muito do retweet de Jeremy.

Comentários controversos de Jeremy e Audrey Roloff sobre casamento



Jeremy and Audrey Roloff Instagram

Jeremy e Audrey Roloff não são estranhos quando se trata de controvérsias. Após serem criticados pelos comentários que fizeram sobre a comunidade LGBTQ, Jeremy e Audrey foram criticados por comentários que fizeram sobre casamento e namoro.

Em uma postagem de maio de 2016 no blog de Audrey e Jeremy,Batendo 50%, ela fez um argumento controverso sobre por que o corpo de uma mulher não é mais o seu quando se casa. Ela escreveu: '1 Coríntios 7: 4 diz:' Porque a esposa não tem autoridade sobre seu próprio corpo, mas o marido '. Nossos corpos não são mais nossos,agora somos um. Devemos desejar agradar sexualmente nosso cônjuge regularmente. Então, fique nu.

Quanto aos comentários calorosamente debatidos de Jeremy, ele irritou os fãs quando disse que um homem deveria perseguir uma mulher, não importa o quê.

Ele argumentou (via InTouch Weekly), 'Vivemos em uma época em que o compromisso é resistido ... Homens, há um milhão de mulheres bonitas, inteligentes e fortes por aí esperando um homem, não um menino. Muitas vezes, a distinção é busca e comprometimento. Se você encontrar uma mulher que vale a pena se casar, faça-a sentir que vale a pena se casar! A cultura promove os homens encolhidos nos cantos, porque encontram mais prazer no orgulho do que na busca. A mulher dos seus sonhos costuma estar do lado de uma longa, às vezes difícil e difícil busca. A negação faz parte da vida, mas uma mulher que vale a pena casar vale a pena buscar pacientemente de propósito - e ela provavelmente está esperando que esse homem apareça.

Jacob Roloff não compartilha as visões religiosas da família



Jacob Roloff Instagram

Jacob é definitivamente o rebelde em sua família. Ao contrário dos membros de sua família, Jacob não se inscreve no cristianismo nem em idéias conservadoras convencionais. De fato, Jacob parece não gostar do cristianismo em geral, o que pode ser uma grande surpresa para os fãs.

Em uma postagem de blog de abril de 2017 em Rock & Roloff, Jacob disse sobre o cristianismo: 'Os cristãos como eu os experimentei assumiram um senso real e prejudicial de superioridade sobre todos os outros sistemas de crenças. Eles acreditam que seu místico, Jesus de Nazaré, era o místico supremamente dotado e que seu livro, A Bíblia, é supremo em conhecimento e direito. É bom e até necessário que uma pessoa se mantenha firme em sua crença e, de certa forma, sinta-se particularmente suprema e contente, mas a supremacia na mente dos cristãos hoje os colocou externamente contra o mundo e seus vizinhos. '

Jacob concluiu sua longa mensagem: 'Depois de conhecer o cristianismo ao deixá-lo, desejo mais do que nunca me chamar de um, mas, infelizmente, não posso, e não tenho pressa em escolher um substituto. Afinal, Jesus não precisava de Jesus, nem do cristianismo, para se salvar de seus pecados, e você também não.

O funcionário da família foi deportado



Roloff Family Farms

Os fãs podem se lembrar de uma petição que Matt e Amy Roloff começaram a salvar seu amado funcionário, Camerino Gonzalez Sanchez, da deportação para sua terra natal no México. Sanchez era uma figura popular no programa, e muitos espectadores ficaram preocupados quando os Roloff anunciaram sua problemática questão jurídica.

Matt escreveu na petição online para salvar Sanchez (viaInTouch Weekly) «Camerino foi contratado pela Roloff Family Farms e foi essencialmente adotado pela família Roloff. Ele se tornou o principal cuidador dessa família única e bem conhecida que é afetada pelo nanismo (nossa história é contada no programa de sucesso da TLCPessoas Pequenas, Mundo Grande) Camerino tornou-se essencialmente meus braços e pernas, enquanto ando de muletas. Camerino está empregado há 17 anos nesse cargo. Durante esse tempo, ele criou suas duas meninas - cidadãs americanas e estudantes de honra.

O que é digno de nota, no entanto, é o que Matt não escolheu divulgar em sua petição. De acordo com Radar Online, Sanchez foi deportado após ser condenado por 'posse de cocaína, dirigir sob a influência de intoxicantes e dirigir de forma imprudente'.

Embora Sanchez tenha tentado recorrer de sua condenação, ele foi deportado oficialmente em 2015.

A toxicodependência de Matt Roloff



Matt Roloff Youtube

Embora muitos fãs tenham ouvido falar das DUIs de Matt Roloff, provavelmente não sabem que ele era viciado em cocaína nos anos 80.

o Pessoas Pequenas, Mundo Grande star escreveu pela primeira vez sobre sua luta com drogas em suas memórias de 1999,Contra as probabilidades altas: ser um Davi no mundo de Golias. Matt admitiu que, por um curto período de tempo, 'começou a experimentar drogas' (via Radar Online), e que ele finalmente 'trabalhou com drogas ainda mais pesadas, incluindo cocaína'.

Ele acrescentou: 'Nunca pensei que fosse alguém que usasse drogas, mas aconteceu. Eu pensei que poderia apenas tentar e sair disso, mas eu estava errado. Isso me pegou como uma armadilha para ursos. Eu quase não escapei.

O caso de amor de Matt com drogas acabou por lhe endividar seriamente. Ele explicou (via Cafe Mom), 'Acabei endividado. Sei também que o que estava fazendo era perigoso para minha saúde. Lembro-me muitas vezes, quando usava drogas, como meu coração batia dentro do peito, aparentemente tentando abrir caminho pela caixa torácica. Não sei se os remédios eram mais difíceis para o meu corpo do que os de uma pessoa de tamanho médio, mas sei que corria um risco enorme ao usá-los.

Felizmente, Matt foi capaz de acabar com seu vício com muitas orações e ajuda da família dele.