Orlando Bloom defende Johnny Depp, co-estrela dos Piratas



Getty Images De Emily Surpless /19 de maio de 2017 14h42 EDT

Johnny Depp tem um amigo em Orlando Bloom.

'O homem que eu conheço e amo é o homem que está aqui hoje à noite', disse Bloom, referindo-se a Depp. Pessoas na estréia de 18 de maio de 2017 de Piratas do Caribe: homens mortos não contam histórias , 'e ele está em forma e faz tudo da maneira certa.'

'Você sabe, as pessoas passam por todo tipo de coisas estranhas no mundo e é uma pena que elas tenham que ser arrastadas em público', disse o homem de 40 anos à revista. 'Porque, Deus sabe que ele tem sido uma das pessoas mais privadas e de pé que eu já conheci.'



Bloom, é claro, está se referindo à recente má imprensa em torno de sua Piratas Co-estrela. Nos últimos meses, Depp foi acusado de hábitos frívolos de gastos que o mergulharam em dívidas íngremes - US $ 40 milhões, para ser exato. Depp, no entanto, culpa sua antiga empresa de administração , The Management Group, por tomar empréstimos com juros altos em seu nome e não pagar seus impostos a tempo.

Depp, 53, processou a empresa em janeiro de 2017. Desde então, o Grupo de Gestão contrariou.

A reputação de Depp também sofreu um golpe após sua separação e divórcio da ex-esposa Amber Heard, que acusou o ator de violência doméstica .

Jerry Bruckheimer, produtor do último filme de Depp, também falou com Pessoas e defendeu Depp no Piratas pré estreia. 'Ele é um cara fabuloso, um ótimo artista e está aqui', disse ele, 'e está animado por estar aqui para a estréia.'